GTO: Great Teacher Onizuka

segunda-feira, 14 de junho de 2010
Quinta-feira passada tive uma visita inesperada de um amigo cá em casa. Já era tarde e não sabíamos o que fazer e, como não tinhamos sono, ele sugeriu ver um anime que ele tinha no HDD. Esse anime, como é fácil de entender, era GTO.

Eu já há séculos que não via um anime (e nem vontade tinha) mas lá aceitei a sugestão dele e fomos ver aquilo. O opening deu-me logo uma boa impressão (surpreendentemente) e ao fim de um episódio de uma hora, rendi-me ao anime. O HDD ficou cá em casa e passei três dias a viciar neste anime de 43 episódios.

Sou muito esquisita (mete muito nisso) no que toca a anime e dificilmente me deixo impressionar com os mesmos. Mas devo admitir que já há muito tempo não fazia maratonas geeks de anime. Este anime conseguiu realmente cativar-me e deixar-me "triste" por ter acabado.
Acho, muito sinceramente, que todos aqueles que se dizem "viciados em anime" e afins deviam ter este anime na lista de animes já vistos.

GTO: Great Teacher Onizuka ★★★★

Eikichi Onizuka é um ex líder de um gang e faixa preta em karaté (mas que no entanto, é virgem) de 22 anos que decide tornar-se professor.
(Porquê? Porque ao ser professor pode tirar partido das alunas da secundária...!)

Mas é quando começa o seu trabalho como professor que descobre que a sua consciência o impede de tirar proveito das suas alunas e começa a trabalhar a sério. Ele descobre que gosta de ensinar e, sendo a sua disciplina Estudos Sociais, ele tem o proveito de dar aulas pouco convencionais aos olhos de terceiros. A sua turma é a mais complicada da escola. Foi essa turma que fez com que os anteriores professores tivessem todos desistido da sua profissão e ficado com as vidas arruinadas. Eles odeiam professores e fazem de tudo para acabar com eles e é Onizuka, usando métodos não muito convencionais e uma filosofia própria, que os começa a meter na linha, um a um, ajudando-os a ultrapassar os seus problemas e a ensinar-lhes a gostarem da vida. Para além de professor, torna-se um amigo sempre disposto a sacrificar-se pelos seus alunos.


Como já disse neste post, recomendo vivamente este anime a todos. O final não era exactamente o que estava à espera mas não desgostei. Só me irritou uma coisinha de nada:
[spoiler] GEEZ! Eles gostam um do outro! SEMPRE esteve na cara! Porque raio não o admiram, se beijam e ficam juntos?!?!?! [/spoiler]
Felizmente o final dos dois ficou a aberto com aquela frase da directora :').

Por isso ya, vão TODOS ver o anime.

E agora deixo-vos o primeiro opening:
(E btw, gostei muito da banda sonora do anime, principalmente dos endings.)


1 comentários:

Myu | 17 de junho de 2010 às 09:22

eu conheço isto mas nunca me interessei por ver tudinho mesmo! xD
ai mulher, ja me dizeram que me contratavam para quando quisessem escrever historias gore! x_x e n es nada má, tens um gosto peculiar :3